sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Dicas para jogar SPORE

Estou jogando muito SPORE e me deu vontade de relatar algumas dicas que descobri por conta própria no jogo. Seguindo essas dicas, você deve poder chegar com um personagem bacana no estágio espacial.

Essas dicas levam em conta a evolução do personagem no jogo.
São dicas principalmente para as primeiras fases, com alguns toques para as fases finais.

Antes de mais nada, sempre é recomendável salvar o jogo antes de passar de fase, para o caso de haver algum arrependimento e só salvar depois de mudar de fase depois de ter certeza de que está satisfeito com suas escolhas, afinal não é possível desfazer um jogo salvo e cada planeta só tem um jogo salvo.

Fase Celular:

É bom notar que Onívoro, Carnívoro ou Herbívoro é uma classificação que independe de sua boca final.

Você pode passar metade da fase como carnívoro e outra metade como herbívoro de modo a equilibrar no final como onívoro, sem nunca ter pego a boca onívora (que é muito legal, mas não é tão fácil de adquirir). O que importa é equilibrar a dieta entre "carne" e "vegetais".

Além da Carta com sua preferência alimentar, a preferência alimentar irá influenciar as bocas que serão liberadas na fase de criatura.

Então, se você passou toda a fase de poça como carnívoro e no finalzinho resolveu mudar para uma boca herbívora, azar, só bocas carnívoras estarão disponíveis na fase de criatura.

Entretanto, você pode terminar a fase de poça como um carnívoro, mas com boca de herbívoro ou onívoro (ou qualquer outra combinação de Carta e bocas) e, durante a fase de criatura ou tribal, manter a boca da fase de poça.

Se fizeres isso, poderás comer qualquer coisa, mesmo que sua carta diga outra coisa e isso pode ser útil. Mas nesse caso, é interessante dar mais uma boca para a sua criatura, pois os bômus dessa bocas de células é mínimo.

Ou você pode simplesmente terminar a fase de poça como onívoro.
A menos que sua estratégia requeira outra carta.

A diversidade de alimentação lhe será útil nas duas fase seguintes.

Fase de Criatura

As decisões dessa fase são as mais importantes para o restante do jogo, principalmente depois da expansão "Aventuras Galáticas".

Uma coisa muito importante que você precisa saber é que você não precisa ficar preso ao ninho que o jogo lhe fornece (Aquele para o qual você migra depois de um tempo).

Preste atenção no mapa e verás umas linhas saindo de seu ninho. Essas linhas lhe levam para outros ninhos para onde você poderá se mudar.

A minha dica é: Procure um ninho perto d'água, isso lhe será útil nas duas fases seguintes.

Outra dica aqui é formar o seu bando com três criaturas difernetes, que não sejam de sua espécie, de preferência (se possível) coloque três criminosos em seu bando, você será invencível. Convencer membros de outra espécie (principalmente alfas e criminosos) não é tarefa tão fácil quanto na própria espécie, mas o poder de herbívoro ou onívoro pode ser útil aqui (mas não vi muita utilidade no poder de carnívoro aqui). É mais fácil se aliar a uma espécie do que colocá-la em seu bando, pois você terá que expulsar um membro de seu bando antes de chamar outro para tomar o lugar, de modo que você pode ter seu bando completo para se aliar a alguém, mas precisa tirar alguém para chamar outro pro bando. No final certamente será muito melhor ter criminosos do que alfa em seu bando, já que todos os outros alfa serão inferiores a você.

A outra dica da fase de criatura é: Ao contrário do que ocorre na fase de célula, você pode continuar acumulando pontos de DNA mesmo depois de chegar no ponto em que pode mudar de estágio, desse modo você tem chance de maximizar as habilidades que quiser e adquirir as habilidades que bem entender.

Nesta fase (não estou certo, mas creio que na fase de célula também), você pode continuar mudando sua atitude para mais agressiva ou mais sociável mesmo após chegar ao ponto em que pode mudar de estágio. É claro que você não tem como saber o quanto já mudou de atitude sem mudar de estágio, mas aqui vale a dica acima: Salve o jogo e depois passe de fase, se estiveres com a atitude errada, é só fechar o jogo sem salvar e depois continuar a matar criaturas ou se socializar até chegar à atitude desejada.

É claro que isso não se aplica às fases de tribo e civilização, pois depois de conquistar o 5 totens ou todas as cidades, não há mais o que fazer.


Algumas das habilidades que você adquirir aqui aparecerão um pouco na fase tribal (camuflagem, vôo), mas não são tão importantes, elas serão particularmente importantes na fase espacial.

Dessa forma, escolha sabiamente, pois não poderás mudar depois (só se não salvares o jogo depois da fase de criatura).

A minha sugestão é colocares de cara vôo, camuflagem, salto, corrida e habilidades sociais. Dessa forma você não gasta energia para voar, se camuflar, etc, além do que terá essas habilidades desde o início e não precisará destes itens na fase de aventura (lhe abrindo o leque para habilidades de combate, defesa e regeneração de energia). Habilidades agressivas não serão tão úteis, já que as armas da fase de aventuras galáticas causam bem mais dano do que uma criatura causa com as mãos nuas. O único limite aqui é a complexidade.

Mãos extras podem ser úteis, já que cada mão pode pegar um objeto (pode ser legal poder pegar 4 granadas de uma vez). Mas é bom saberes que podes pegar objetos mesmo que não tenhas mãos (o animal o pegará com a boca e isso vale para todas as fases - Criatura, Tribal e Aventuras Galáticas). nã é interessante ter um número ímpar de mãos, já que 2 mãos custam tanto quanto 1, mas podem pegar 2 objetos em vez de 1.

Pés extras podem ser úteis pelas habilidades que conferem, pois não é possível ter o nível máximo de camuflagem e de salto só com um par de pés.

(Não estou bem certo, alguém poderia me confirmar, mas a complexidade parece ser cumulativa, mas não estou certo se se acumula a complexidade da fase de criatura ou se somente os equipamentos se acumulam à parte)


Fase Tribal
A partir dessa fase começa a aparecer mais problemas de estratégia para vencer, entretanto, esta fase não gera muitas conseqüências para as fases seguintes, é mais uma questão de escolher o cartão que mais lhe convém.

Estratégias não é tanto o objetivo deste tutorias, mas, como dicas básicas: Se você for atacar, convém levar alguns bastões de cura. Se for colher ou pescar, também convém usar as ferramentas apropriadas.

Em geral se aliar é mais fácil e rápido do que lutar, principalmente no modo fácil. No modo difícil é bem mais difícil fazer isso com tribos agressivas.

É bom lembrar que, se uma barraca de ferramentas é destruída, a tribo automaticamente perde aquelas ferramentas (as lanças somem das mãos, etc) então às vezes, pode ser interessante destruí-las antes da barraca principal para diminuir o poder de fogo dos rivais. Outros colegas talvez tenham estratégias mais detlahadas para o estágio tribal.

O importante: Se você seguiu a minha dica das fases anteriores, estará perto do mar e poderá pescar sem se afastar muito da cabana e também poderá caçar e colher frutos. Outro benefício de seguir minhas dicas será que seu galinheiro já terá 3 espécies diferentes nele (os 3 criminosos que eram de seu bando na fase de criatura! Sim, você automaticamente os domestica!), de modo que logo poderá pegar ovos para comer, o que é muito útil, já que nessa fase o que importa é acumular comida, pois ela é a moeda de troca.


Fase de Civilização

Faça logo um monte de carros e mande um para cada especiaria existente.
Conquiste todas do continente o quanto antes e, em seguida, procure tribos para conquistar. É quase tão satisfatório quanto no jogo civilization, há comumente bônus, como novos veículos.

Se você seguiu minhas dicas da fase de criatura, você terá uma cidade portuária logo de cara e poderá fazer barcos imediatamente e conquistar as especiarias do oceano também.

Nesta fase, a principal conseqüência para a fase posterior é, como na fase tribal, o cartão. Nesta fase você defnirá a filosofia da fase espacial. Em geral, haverá 3 da 10 filosofias disponíveis para você, quais serao dependerá dos outros 3 cartões que você já tem (mas se você foi sempre verde, vermelho ou azul, a sua atitude aqui será irrelevante para a definição da filosofia, pois três cartas da mesma cor bastam para ser de uma das 3 filosofias puras: Xamã, Comerciante ou Guerreiro).

(Algo interessante, enquanto a edição na fase anterior era algo bem limitado, nesta fase há ambudância de editores: 4 de estruturas, 9 de veículos e mais as vestes de seus cidadãos).

Aqui você pode ver um tutorial que diz as combinações que levam a cada filosofia: http://www.discovery...?showtopic=1140

É bom você levar em conta tanto a filosofia final, quanto os poderes que cada carta dá em cada fase (principalmente na fase espacial que, afinal, é a fase final do jogo).

Aqui você passa a ter 3 opções de conquista em vez de duas. Esta é a única fase em que, mesmo a conquista agressiva não implica na morte dos perdedores. A opção agressiva pode parecer mais fácil a princípio, mas tem suas desvantagens, vamos comparar as 3 formas de conquista:

Comercial: Um modo de conquista que é amigável e que gera dividendos, claro que depois você acaba desembolsando o dinheiro da compra das cidades.

Religiosa: Um modo não tão amigável e que é mais eficaz em cidades infelizes (mantenha seus cidadãos felizes se não quiser perdê-los para uma nação religiosa).

Militar: O modo menos amigável e, aparentemente, mais fácil de conquistar uma cidade, mas gera o incoveniente de destruir tudo na cidade. Aliás, a conquista só começa a ocorrer depois que todas as demais estruturas da cidade são destruídas.

Quanto aos veículos: Não há tanta diferença entre o religioso e o militar, já que ambos são agressivos. O veículo comercial é o mais diferente, já que ele não ataca outros veículos. Outro detalhe dos veículos comerciais é que eles conquistam especiarias alheias não através de ataque, mas através de suborno.

Outro detalhe importante a respeito de veículos: Especiarias terrestres só são conquistadas por veículos terrestres e especiarias aquáticas só são conquistadas por veículos aquáticos. Veículos aéreos não conquistam especiarias, somente cidades. Eles têm a óbvia vantagem da velocidade, mas tem as desvantegens do custo e de não conquistar especiarias. Então, ao conquistar uma cidade em outro continente, faça veículos terrestres.

Lembre-se que você não precisa se prender ao tipo de ataque de sua cidade inicial, nem mesmo sua primeira conquista precisa ser necessariamente desse tipo se você tiver conseguido veículos de outro tipo nas tribos conquistadas.

Outra coisa importante: você não precisa brigar com todo mundo, aliados são importantes e úteis: Não só eles podem atacar seus inimigos por um preço, como podem se unir a você quando as demais civilizações forem derrotadas, levando a uma vitória mais rápida. Então, cumprimente-os, comercialize com eles, dê presentes, etc.

Fase Espacial

Toda a sua evolução cumina aqui. As suas cartas lhe darão os poderes que você usará aqui e suas partes de criatura farão parte de seu capitão. Se antes da expansão aventuras galáticas a forma de sua criatura era irrelevante, agora ela é totalmente relevante.

A principal dica que tenho a dar aqui é: Escolha sabiamente os itens que seu capitão irá destravar ao subir de nível, pois esta escolha é irreversível. Sim, totalmente irreversível: Não adianta você fechar o jogo sem salvar ao perceber que seu capitão está com o item errado, pois ele não é salvo junto com o seu planeta, ele é salvo automaticamente e à parte. A sua única esperança é não ter salvo o jogo depois do início do estágio espacial, pois aí você irá usar outro capitão (e o seu primeiro capitão só estará disponível para aventuras rápidas)

Espero que este tutorial tenha sido útil, ele inclui muita coisa que demorei para perceber, então achei que seria interessante avisar essas coisas todas para os outros jogadores.

Por Fim, se você quiser ter um conjunto de cartas que não condiz com a filosofia que você quer ter, o jeito é começar a fase espacial com a filosofia errada e depois mudar de filosofia (tem um custo alto seguido de uma missão difícil e o seu poder original é perdido quando ganha o poder novo). Deve haver algum outro tutorial ensinando como fazer isso.

(UFA!)